quarta-feira, 15 de outubro de 2014

A importância da foto e do perfil para a EAD - 1º Tema


Colegas de construção,

Em Belo Horizonte, 30°C!!

Convidamos vocês a conhecerem o manuseio do Moodle - um software livre, desenvolvido com uma concepção construtivista. Muito mais do que o manuseio técnico, buscaremos aqui despertar a reflexão sobre o uso didático, colaborativo e construtor do ambiente virtual de aprendizagem.

Nossa filosofia é utilizar todas as potencialidades do Moodle, suas facilidades para o trabalho andragógico e dar o protagonismo, para que o docente construa um espaço de ensino e de aprendizagem para seus alunos.

O Moodle (Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment) é um software livre, de fácil utilização, gratuito e é usado para apoio à aprendizagem, executado num ambiente virtual. Se estivéssemos na sala de paredes, seria a nossa escola. A expressão designa ainda o Learning Management System (Sistema de gestão da aprendizagem), um trabalho colaborativo baseado nesse programa. O Moodle pode ser obtido no site www.moodle.org.


Falaremos sobre a navegação no curso, o envio de mensagens, a participação nos fóruns, alteração de perfil e outras funcionalidades básicas. Também falaremos sobre criação de páginas, fóruns, chats, wikis, relatórios e sobre como utilizar outros recursos andragógicos. 

Vejamos o que nos dizem os estudiosos sobre a docência: 

Docência [...] menos pode ser mais, na escolha dos recursos da mediação. Menos tecnologia e mais andragogia. Para muitos, a tecnologia para tornar possível a colaboração a distância em comunidades virtuais pode (e deve!) ser extremamente simples. É isso o que defendem, por exemplo, os adeptos do minimalismo tecnológico em educação à distância.

O professor precisa conhecer e ter experiência no tema a ser trabalhado; estar familiarizado com a dinâmica da educação online, assim como o ambiente virtual de aprendizagem – AVA – que será utilizado e com instrumentos e técnicas adequados a esta realidade. 

“A prática educativa é tudo isso: afetividade, alegria, capacidade científica, domínio técnico” (FREIRE, 2001, p. 161). 

Vamos começar? 

Primeiro tema: 
A importância da foto e do perfil para a EAD 

Praticando: 
  1. Após o acesso ao curso;
  2. No bloco "administração";
  3. Clique no menu "Minhas configurações de perfil";
  4. Clique em "modificar perfil";
  5. No campo descrição, preencha dados como sua área de atuação, seu local de trabalho, sua terra, seus gostos, suas horas de lazer, seus interesses profissionais e pessoais e como gosta de estudar: lendo, anotando, fazendo resumos, gravando sons, assistindo vídeos, etc;
  6. Altere outros campos do perfil, se desejar; 
  7. Você pode definir se quer receber mensagens por e-mail, caso não esteja logado no ambiente do curso;
  8. Para publicar a sua foto: no campo “nova imagem”, clique em “procurar” o arquivo com a sua imagem;
  9. No campo “descrição da imagem”, dê um título para a imagem. Exemplo: foto do fulano;
  10. Clique em "Atualizar perfil".
Após o acesso ao curso; 
  1. Clique em participantes; 
  2. Clique no nome ou na foto do cursista; 
  3. Leia o perfil do colega no campo descrição. 
  4. Retorne à pagina do curso. 

A foto e a atualização do perfil são essenciais para a interação do grupo de estudos do curso. Pode-se saber um pouco mais de cada um e fomentar o crescimento do sentimento de "turma". 

Quando se recebe uma mensagem, sabe-se que está ligada àquele rosto com identidade própria, pensamentos próprios e experiências múltiplas. 

Há de se ressaltar também o sentimento de pertencimento que implicará na colaboração e a cooperação entre os participantes. 

A foto e a atualização do perfil constroem a imagem do grupo, da unidade. 

Por detrás das palavras postadas através da tecnologia em "bites e bytes", há a essência HUMANA compartilhada. 

Fotos e perfis preenchidos dão a completeza da IDENTIDADE DO GRUPO (pertencimento decorrente) que aqui se faz!


Vídeo produzido por Rodrigo Fernandes Gonzales.

As fotos nos aproximam e nos dão a sensação efetiva de grupo. 

O perfil poderá ser acessado pelo tutor durante o curso, para conhecer um pouco sobre o aluno e servir como instrumento auxiliar para promoção de participação. 

Exemplo: Caso o aluno já atue na EAD, pode ser estimulado a trazer um conceito sobre o tema ou trazer uma pequena bibliografia sobre um estudioso da área. 

Caso o cursista goste de cinema, pode ser convidado a trazer um trecho de filme ou de um curta para ilustrar um conteúdo. 

Observaram a importância do perfil do aluno? 

Publiquem sua foto e quando estiverem atuando em curso ou comunidade, não se esqueçam de pedir para seus alunos publicarem também. Combinado? 


Para postar sua foto e preencher o seu perfil: 

Vamos treinar? 

Abraços, Ritze.