segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Educação Empreendedora: A menina do Vale.


Hoje estou escrevendo sobre um site que me chamou muito a atenção, o http://www.fazinova.com.br/. Esse site possui cursos sobre empreendedorismo, que é uma área que me chama muito atenção. Porém, observando melhor o site, descobri que não era apenas mais um site com cursos e, sim, um site que traz uma ideia de educação empreendedora.

A FazINOVA é a “escola dos sonhos” da Bel Pesce. Uma escola de empreendedorismo que carrega a missão de desenvolver talentos e transformar o Brasil em um país mais empreendedor, que oferece diversos cursos e materiais gratuitos em sua plataforma online (fazinova.com.br) e promove cursos presenciais e eventos de temas variados, com o objetivo de conectar pessoas, desenvolver habilidades e realizar sonhos. Fundada em 2013, a FazINOVA já recebeu mais de 45 mil alunos entre cursos presenciais e online.

Através deste site também conhecemos "a menina do vale", que possui uma história incrível de crescimento profissional e empreendedorismo. Veja mais no site http://belpesce.com.br/.

Bel Pesce, empreendedora e fundadora da FazINOVA, escola de empreendedorismo e habilidades, nasceu em São Paulo e desde muito pequena começou a traçar um caminho de sucesso. Aos 26 anos, já escreveu três livros, foi considerada uma das “100 pessoas mais influentes do Brasil”, pela Revista Época, eleita um dos “30 jovens mais promissores do Brasil”, pela Revista Forbes, e entrou na seleta lista dos “10 líderes brasileiros mais admirados pelos jovens”, da Cia de Talentos. Bel estudou no renomado Massachusetts Institute of Technology (MIT), trabalhou em grandes empresas, como Microsoft, Google e Deutsche Bank, e morou no Vale do Silício, onde respirou empreendedorismo, liderou equipes e fundou empresas. Após sete anos estudando e empreendendo nos EUA, Bel voltou ao Brasil em 2013 e fundou a FazINOVA, sua “escola dos sonhos”.





Conhecendo a história da Bel e também juntando com todas as histórias fantásticas que escutei no Day 1, da Endevor, comecei a me questionar:

  • O que faz essas pessoas serem diferentes das demais?
  • Como estas pessoas chegaram onde chegaram? 
  • Como podemos fazer para que mais pessoas se tornem empreendedoras da suas próprias vidas?

Bem, esta resposta eu ainda não possuo. Porém, vou continuar pesquisando e, se alguém tiver respostas, por favor dividam com a Rede,

Espero que tenham gostado!